Agora no romantismo
 
 
Link-me
 
Pode me Linkar!
Ficarei feliz!

 
MÚsica
 
It Is Alright
Guns N Roses
 
   
Guns N Roses /It Is Alright
 
 
Fale Comigo
 
Fale Comigo
 
Quem Sou
 
Sou uma menina mulher se descobrindo e se conhecendo dia a dia.
O que Gosto

Gosto das pequenas, mas, verdadeiras coisas da vida.

Amo minha família e a cada dia que passa vejo que sem ela não sou nada.

Adoro meus amigos, poucos e verdadeiros.

Agora aprendi a conhecer um novo modo de ter amigos especais e queridos pela NET, fui surpreendida por esse novo modo de fazer amigos.

Gosto de leituras diversas, músicas, filmes e de um bom bate papo.

Não suporto traição de qualquer espécie, ciúme e inveja, to fora.

Sou apaixonada pelo pôr do sol, pela vida e os mistérios que estão por trás de toda a magia de viver...


Sou romântica sim...
Mas quem não é???


Sejam Bem-Vindos...

Kall.

 
Meu Passado
 
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
 
Outros RomÂnticos
 

Sou Romântica... Parte I
Meu blog e do Marcio
Os Escolhidos da minha Dinda Nane
Bete
Lua Negra
Labellaluna®
Margot
Aninha
Bolsa de 4 lindas mulheres
Guto Leite
Labell e Guto
llze
Clécia
Renatinha

Afrodite
Seda
Carol

Srta.Butterfly
Alê Barros
Néco
Aqueta
Roberta
DR X
Jovem Senhor
Monika
Iara
Lucas Oliveira
Equipe News
Suzana
Keckinha
Soldier
Mocoto
Cristina
Elis
Luciana(Flog)
Roberta 2
Carol 2
Fernando Oliveira
Sérgio
Maresia
Escorpyana
Dono do Bar
Rodrigo
Julis
Lindinha
Furia das Aguas
Magui
Ro
DD
Mila
Jany
Su
Anny
Marcia (Clarinha)
Carolina
Daniela
Desassistidas
Davidson
Fernanda
Ivan
Ivan Bento
J. Noronha
Juliana
Lúcia
Magali
Mr.San
PsycoReal
Samira
Sheila
Suellen
Ursula
Valquiria
Valquiria 2
Georgia
Val
Temp_Nua
Ricardo
Marcela

 
Carinhos
 












AMIZADE. Palavra que designa varios sentimentos, que não pode ser trocada por meras coisas materiais. Deve ser guardada e cultivada no coração

 
Me Acarinharam
 
 
faz esse carinho
 

Avalie o romantismo

Indique esse romance

 
Visitando
 

Românticos
 
PrÊmios
 

 
 
 
Layout por:
 
 
 
 


Como nem tudo na vida são flores devemos tb pensar no dia de amanha pois os assuntos que tratarei aqui hoje podera afetar a qualquer um de nós infelizmente. O primeiro assunto é essa violencia sem tamanho que tem tomado conta das nossas cidades,antes qdo me perguntavam onde morava e dizia que morava no interior todos falavam que eu tinha sorte,mas hoje não vejo assim não,em 11 meses minha cidade registrou 60 assassinatos,dentre esses semana passada foi uma pessoa conhecida minha,o filho de uma grande amiga que morreu com golpes de pauladas com apenas 19 anos.
Infelizmente ainda não temos suspeitos.
Então aproveito meu espaço para falar disso  pois com o que mostrarei todos nós brasileiros seremos beneficiados Recebi essa msg por email pois me cadastrei no site Gabriela sou da paz.
O movimento Gabriela Sou da Paz" nos ajudou a trocar o luto pela luta e "vestir a camisa" em favor de mudanças na legislação penal em vigor.

Depois de  quase dois anos e muito trabalho, hoje a venda das camisetas do
movimento a R$ 15,00 - em pontos autorizados - tornou-se uma necessidade, que
contribuirá economicamente para a continuidade e ampliação da campanha, que
precisa arrecadar 1 milhão e 200 mil assinaturas (até agora temos 780 mil), para
atingir nossos objetivos.

Só assim, diante da mobilização de todos nós, cidadãos brasileiros, será
possível encaminhar ao Congresso Nacional uma Emenda Popular, capaz de mudar a
atual legislação penal. 
Mesmo sendo somente para o Rio de Janeiro não custa divulgar não é mesmo.

O diferencial nesta nova etapa, é o apoio inédito de seis grandes Shopping
Centers do Rio de Janeiro. Mais um reforço de peso para alcançarmos este
objetivo  na busca de uma sociedade mais justa e menos violenta.

 A partir de 27/11/04, estarão montados estandes para o recolhimento de
assinaturas e também para a venda de camisetas do movimento "Gabriela Sou da
Paz", no Norte Shopping, Center Shopping Jacarepaguá, Città América (Barra),
West Shopping (Campo Grande), Itaipu Multicenter (Niterói) e no São Gonçalo
Shopping.

Participe. Vista esta camisa e mostre que você também é da paz.

Desde já,  agradecemos  o seu apoio!

Cleyde Prado Maia  e Carlos Santiago (pais da garota Gabriela)

OBS: Neste sábado 27, estaremos no Cittá América para deflagar essa parceira!
Conto com vocês, se possível com a camiseta para dar visibilidade ok?
Bjs,
Cleyde

 

Outro assunto que é muito importante e que tb recebi por email é o assunto cancer de mama por isso visitem o site abaixo e tirem todas as dúvidas,até mesmo vcs homens ok pois 1% dos casos são em homens.
O Site de câncer de mama e o Instituto Neo Mama de Prevenção e Combate ao Câncer de Mama
está iniciando uma campanha que necessita de cliques para alcançar quotas que lhes
permitam oferecer mamografias gratuitas a mulheres brasileiras necessitadas.
 
Demora menos de 5 segundos, mas fará uma grande diferença acessar o site e clicar no
botão cor de rosa que diz:
"Campanha da Mamografia Digital Gratuita".
 Acesse agora e sempre o Website:
 
http://www.cancerdemama.com.br

 Não demora e não custa nada, ajudem a detectar precocemente o câncer de mama. Ele tem
cura.
 Espero que tenha feito algo de bom para mudar um pouco as coisas em relação a esse 2 assuntos que muito me preocupa.Tenham todos um maravilhoso fds.Beijosss.

 



Romantismo de: Kall às 17h17

** **  *envie este romance*


 

 
 


Sei que ando em divida com o blog e com vcs,mas ontem visitei a toda galerinha para amenizar um pouquinho isso..rs
Ando com preguicite aguda e um desanimo que ai ai..mas to tentando voltar a ativa firme e forte.
Final de ano se aproximando coisas que não foram realizadas nesse ano que ja começam a querer saber se irão ser desengavetas no proximo ano..rs
Acho que estou num momento pessoal mesmo..por isso ando chatinha
Por isso hoje irei postar uma musica de uma banda que eu adoro ,pois a letra resume todo esse  meu momento.Beijossssss e ate mais
                                                 The Calling - Things Will Go my way...


Eu vim para te dizer
Como tudo isso começou
Nada parece funcionar
E eu estou deprimido novamente

Então me abrace agora e diga que isso não é para sempre
Talvez algum dia as coisas acontecerão do meu modo

Eu pressionei para atravessar
a multidão de almas misturadas
Apenas para descobrir que eu estou bem aqui atras
Fazendo o que eu falei

Então segure a minha mão e não deixe eu me entregar
Porque talvez algum dia, sim as coisas serão do meu modo
De todos os olhos que eu tenho provado é para procurar a verdade

De todos os sonhos eu estou perseguindo o que eu tenho que fazer

E tudo está contra mim
Todas as respostas são erradas
Eu espero pode encontrar
Então me abrace agora e diga que isso não é para sempre
Talvez algum dia as coisas acontecerão do meu modo

De todos os olhos que eu tenho provado é para procurar a verdade

De todos os sonhos eu estou perseguindo o que eu tenho que
fazer?
E tudo está contra mim
Todas as respostas são erradas
Espero que eu descubra que as coisas serão do meu modo



Romantismo de: Kall às 17h06

** **  *envie este romance*


 

 
 


Oiiiii gente..vcs viram que coisa mais linda que recebi de presente da Mariam linda.
Não ha palavras para agradecer tal carinho e amizade,nem mesmo as palavras chegam..rs
Mas Mariam linda obrigadaaaaaaaa de coração viu.
Tenho me estressado por aqui com algumas picuinhas , e me perguntado se vale a pena,mas qdo recebo algo assim é que vejo que é por isso que nao chutei o balde e é por isso que  estou aqui a 11 meses,e fazendo amizades como tenho feito por aqui...sei que tudo é passageiro nessa vida mais sei tb,que algumas amizades serão eternas pra mim.
E são a essas amizades e a essas pessoas  que deixo a msg de hoje.

                                     A importância de dizer: "TE AMO"
 
Depois  de  21  anos  de casado, descobri uma nova maneira de manter viva a
chama  do  amor.  Há pouco tempo decidi sair com outra mulher. Na realidade
foi idéia da minha esposa.
*  Você  sabe  que  a  ama  -  disse-me  minha esposa um dia, pegando-me de
surpresa
- A vida é muito curta, você deve dedicar especial tempo a essa mulher...
* Mas, eu te amo - protestei à minha mulher.
*  Eu  sei.  Mas, você também a ama. Tenho certeza disto. A outra mulher, a
quem  minha esposa queria que eu visitasse, era minha mãe, que já era viúva
há  19  anos,  mas as exigências do meu trabalho e de meus 3 filhos, faziam
com  que eu a visitasse ocasionalmente. Essa noite a convidei para jantar e
ir aocinema.
*  O  que é que você tem? Você está bem? - perguntou-me ela, após o convite
(Minha mãe é o tipo de mulher que acredita que uma
chamada tarde da noite, ou um convite surpresa é indício de más notícias).
* Pensei que seria agradável passar algum tempo contigo - respondi a ela.
* Só nós dois... O que acha?
Ela  refletiu  por  um  momento.  -  Me  agradaria  muitíssimo  - disse ela
sorrindo.
Depois  de  alguns  dias, estava dirigindo para pegá-la depois do trabalho,
estava um tanto nervoso... Era o nervosismo que antecede
a  um  primeiro  encontro...  E  que coisa interessante, pude notar que ela
também estava muito emocionada. Esperava-me na porta, com seu casaco...
Havia  feito  um  penteado  e  usava  o vestido com que celebrou seu último
aniversário de bodas. Seu rosto sorria e irradiava luz como um anjo.
*  Eu  disse  a  minhas  amigas  que  ia  sair  com  você,  e ficaram muito
impressionadas  -  comentou enquanto subia no carro. Fomos a um restaurante
não  muito  elegante,  mas,  sim, aconchegante, minha mãe se agarrou ao meu
braço  como  se  fosse "a primeira dama". Quando nos sentamos, tive que ler
para  ela  o  menu. Seus olhos só enxergavam grandes figuras. Quando estava
pela  metade das entradas, levantei os olhos; mamãe estava sentada do outro
lado da mesa, e me olhava fixamente. Um sorriso
nostálgico se delineava nos seus lábios.
* Era eu quem lia o menu quando você era pequeno - disse-me.
* Então é hora de relaxar e me permitir devolver o favor - respondi.
Durante  o  jantar  tivemos uma agradável conversa; nada extraordinário, só
colocando em dia a vida um para o outro. Falamos tanto
que perdemos o horário do cinema.
*  Sairei  contigo outra vez, mas só se me deixares fazer o convite - disse
minha mãe quando a levei para casa. E eu concordei.
*  Como  foi  teu encontro? - quis saber minha esposa quando cheguei aquela
noite.
* Muito agradável... Muito mais do que imaginei...
Dias  mais  tarde  minha mãe faleceu de um infarte fulminante, tudo foi tão
rápido,  não  pude fazer nada. Depois de algum tempo recebi um envelope com
cópia  de um cheque do restaurante de onde havíamos jantado minha mãe e eu,
e uma nota que dizia:
"O jantar que teríamos paguei antecipado, estava quase certa de que poderia
não estar ali, por isso paguei um jantar para ti e para
tua  esposa.   Jamais  poderás  entender o que aquela noite significou para
mim.  Te  amo".   Nesse momento, compreendi a importância de dizer a tempo:
"TE  AMO"  e  de  dar a nossos entes queridos o espaço que merecem. Nada na
vida  será  mais  importante  que Deus e tua família. Dedique tempo a eles,
porque eles não podem esperar.
O  RELATO  É  REAL  E  COMOVENTE.  REPASSE.  PODE TER ALGUÉM PRECISANDO LER
ISSO...
Lembre-se:  Sempre  demonstre  seu  amor  as pessoas que realmente ama, não
tenha vergonha e muito menos timidez


 



Romantismo de: Kall às 17h55

** **  *envie este romance*


 

 
 


Cuidando de outra vida que não é a minha...hehehe


Olá pessoas, que todos tenham um...



 Tinha que começar assim, mas quem está  escrevendo aqui não é a nossa tão romântica e linda Kallzinha, é a
Mariam, euzinha mesmo a dona daquele blog "marrom-menos" o Essa Minha Vida.

Ao invés de cuidar daquela MINHA VIDA lá, vim aqui cuidar da VIDA DELA...

Affe, acho que isso ficou meio feio né?? Cuidar da vida da Kall...
Não vou tentar consertar, porque com certeza ficará pior!!

Ai, acho que estraguei tudo, vamos tentar postar, agora direitinho!
Bom agora irei falar sério, pois como todos sabem sou uma pessoa muito séria!

Hoje a minha querida Kall, me deu o privilégio de estar postando aqui na casinha dela tão linda, cheia de flores e coisas boas por todos os lados, só posso dizer que estou muito feliz, de estar fazendo parte desse cantinho maravilhoso!!!

Mas quero falar um pouquinho dessa pessoinha tão especial e iluminada que é a Kallzinha, como todos sabem a maioria dos vínculos que foram criados aqui, foi por causa dos "tão abençoados" caldeirões, e foi através dele que conheci muitas pessoas especiais, que até hoje fazem parte do meu dia-a-dia e uma delas foi é a Kall...

E não foi muito dificil gostar dessa menina maravilhosa, e a cada dia que passava essa amizade linda, foi crescendo muito...E até hoje, depois de alguns meses, cultivamos isso que julgo de muito importante a amizade...

E eu sei que a Kall, é uma pessoa verdadeira em quem podemos confiar e se entregar sem medo de traição.
E isso não se resume a troca de favores, pois aprendi que a amizade não é uma troca de favores, é muito mais que isso, é vivência, amor, carinho, confiança, responsabilidade,  fazer sem pedir nada em troca.

Um amiga como a Kall aparece em um situação inusitada, numa hora inesperada oferecendo ajuda, carinho e amor, mesmo estando longe. Não exige pagamentos e tampouco provas, sendo estas, dadas em situações reais. 

A Kallzinha é uma irmãzinha e amiga que o meu coração escolheu.
O coração não escolhe dúzias de amigos, mas sim aqueles que verdadeiramente possam estar conosco.



A amizade é como um navio no horizonte.
Nós o vemos, cortando contra o céu ,  e em seguida ele avança, desaparece de vista, mas isto não significa que não continuará.
Essa amizade é linear.
Ela se move em todas as direções, nos ensinando sobre nós mesmos  e sobre cada um de nós.
É por isso que no transcurso de fortes amizades,
estaremos presentes um para o outro,  mesmo que, nem sempre, estejamos visíveis.

Bom, vou ficando por aqui, espero que tenham gostado desse post "meia-boca"...
Muitos beijinhos para todos que passam por aqui e principalmente para minha linda Kall, TE AMO e sempre que precisar você sabe que pode contar comigo!!

Mariam
http://essaminhavida.zip.net




Romantismo de: Mariam às 03h03

** **  *envie este romance*


 

 
 


Ola pessoas..rs
Bem depois desse feriadão prolongado e gostoso ca estamos nós para mais essa semaninha que começa hoje..e que ela  passe logo..rs,pois estou em marcha lenta..rs
Bem depois de tanta confusão e conversas que não servem pra nada a não ser trazer intrigas,venho dizer a vcs que a nossa querida e sumida Val mandou noticias,infelizmente ela ainda esta com a pata quebrada como ela mesmo diz, por isso ela não tem entrado pois não pode forçar o braço.Se ela o fizer pode piorar e assim ela teria que fazer uma cirurgia.
Mas ela disse  que esta morrendo de saudades  de todos e manda beijos e agradece pelo carinho e recadinhos no blog.
Então é isso .beijos e até mais.Ah!Não irei responder aos comentarios do ultimo post pois aquele  post era pra cada um deixar seu pensamento por isso agradeço a todos os comentarios...Bjos e até mais.
 
  
                                            ''Eu queria um dia''-Sônia Pagu

 Eu queria um dia , só um dia, não ter que fazer  nada..
Ficar a toa saboreando a inércia, chutando latinhas na rua..

Eu queria um dia, só um dia...
não ter q ser educada, nem sorrir sem necessidade..
não ter q me preocupar se vou magoar alguém...
se o dia está passando e eu ainda não escovei os dentes..

Eu queria um dia, só um dia...
não esperar um telefonema q não acontecerá..
não ter q tirar a roupa do varal pq vai chover..
nem ter q lavar essa mesma roupa pq fez sol..

Eu queria um dia, só um dia...
não ter q ouvir meu chefe e obedecer sem questionar..
não ter nem q ouvir q a dor dele é muito maior q a minha..

Eu queria um dia, só um dia..
não sentir essa solidão tão acompanhada..
e ter q ter mil dedos pra q ninguém sinta pena de mim..
e não ter essa angústia no coração..

Eu queria um dia, só um dia..
encontrar alguém de verdade, que não fizesse tipo..
e q não me obrigasse a fazê-lo..
eu queria um carinho sincero, um beijo de amor

Eu queria um dia, só um dia..
ter a certeza q não tenho e busco tanto..
eu queria a ilusão de ser feliz!!!



Romantismo de: Kall às 14h45

** **  *envie este romance*


 

 
 


Cansei de fofocas

 A comunicação é mais abrangente e complexa em nossas vidas do que nos damos conta, ao falarmos emitimos também as nossas preocupações, sentimentos, a visão de nós e do outro.Atrás de uma palavra ou expressão enviamos tantas mensagens, o outro que nos ouve poderá compreende-las influenciado por seus pensamentos e sentimentos. Deste modo a relação já esta contaminada pelo não dito e pelas frustrações e mágoas que se acumulou  Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase.
É o quase que me incomoda, que me entristece, que me mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi. Sobra covardia e falta coragem até para ser feliz.Para as coisas que não podem ser mudadas resta-nos somente paciência...
Assim começo a falar sobre um assunto que esta em alta aqui na net..ja vi 2 posts sobre tal assunto...fofocas,picuinhas,mentiras e falsidade.
Pessoas tem se mostrado algo que na verdade  não são,mas essas mascaras não tem durado por muito tempo,ja que mesmo no virtual tem uma hora que tudo cai.Não estou julgando ninguem ,mas acho que as pessoas tem que pensar melhor ao ferir e machucar o sentimento de  outras pessoas com suas mentiras e mascaras.
Uma vez ouvi algo que não levei a serio mas que é pura verdade,as pesssoas sempre se aproximam da gente pq temos algo para oferecer,e geralmente é a amizade (bem no meu caso e somente isso que posso oferecer),ai vem a minha falha pq me entrego por inteiro,viro a maezona..ja ouvi isso de diversas pessoas,então qdo sou traida por pessoas que considerava amiga,viro bicho mesmo.
Não vou dizer o pq dessa minha decpção no momento  até pq muitos ja sabem  e tb pq estou cansada disso,essa semana foi barra,tentar esperar a verdade vir da boca de quem me enganou,me usou passar por uma imagem de  algo de que não sou para muitas pessoas,ser bloqueada no msn  por outras pq estão achando isso ou aquilo..não é facil não.Julgamentos e grandes estress foram feitos desnecessariamente ja que todos tem livre acesso uns aos outros por aqui,por isso serve msn,email e ate mesmo telefone.Sou a favor da transparencia doa a quem doer,por isso prefiro conversar com a pessoa ofendida.Então muito cuidado com os prés julgamentos ,pois podemos errar e feio.
Sempre fui transparente aqui pois não tenho um personagem criado como muitos,sou a Érika Kall(ja que o apelido kall e de familia),sou assim por 24hs.
Espero que tudo por aqui se acalme e que possamos cuidar do nosso mundinho virtual sem problemas.Ou acabarei me afastando de vez de tudo por aqui ja que não tenho tempo e idade pra tais picuinhas.A quem ler e não entender nada peço desculpas e as que lerem e saberem o pq disso peço que reflita sobre tudo com muito carinho.
Aqui vão alguns pensamentos para lhes ajudar.
 

É ter maturidade para falar "eu errei".
É ter ousadia para dizer "me perdoe".
É ter sensibilidade para expressar "eu preciso de você".
É ter capacidade de dizer "eu te amo".
Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz...
E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo.
Pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida.
E descobrirá que...
Ser feliz não é ter uma vida perfeita.

Sofre do ouvido
Quem julga os atos dos outros
Quem não se escuta
Quem costuma escutar a conversa dos outros
Quem ensurdece ao chamado divino.
Sofre dos olhos
Quem não se enxerga
Quem distorce os fatos
Quem não amplia sua visão
Quem vê tudo em duplo sentido
Quem não quer ver

''Nenhum ser humano é bastante perfeito para ter direito de matar aquele que considera como inteiramente nocivo''.-Gandhi
''Podemos ir longe na amizade se não tivermos dispostos a perdoar os pequenos defeitos dos amigos''



Romantismo de: Kall às 10h45

** **  *envie este romance*


 

 
 


Doutores da Alegria

Hoje farei um post totalmente diferente do que estou acostumada a fazer,mas é um assunto que mexeu d+ comigo ontem a noite.Como não é segredo para ninguém eu sou apaixonada por crianças ,e tudo que relacionado a elas me chama a atençao.Por isso ontem assiti e gravei o documentario sobre ''Os Doutores da Alegria'' no Discovery Health.
Já conhecia um pouco desse trabalho fantastico apos ter assitido ao magnifico filme:Path Adams com o Robin Willians,mas ontem posso dizer que fiquei emocionada e tocada com esse maravilhoso trabalho,que não custa nada e e que faz maravilhas a esses lindos serzinhos que sofrem com suas doenças dentro dos hospitais.Deixarei o site para que vcs visitem,mas para quem não tem muito tempo de visitar deixarei um pequeno resumo desse lindo trabalho.

Em 1986, Michael Christensen, um palhaço americano, diretor do Big Apple Circus de Nova Iorque apresentava-se num hospital quando pediu para visitar as crianças internadas que não puderam participar do evento.Em 1988 Wellington Nogueira passou a integrar a trupe americana de volta ao Brasil em 1991 resolveu tentar aqui um projeto.
Sem fins lucrativos o projeto  realiza hoje  cerca de 50 mil visitas por ano a crianças internadas em hospitais de São Paulo, Rio de Janeiro e Recife.
 A besteirologia(como definem os proprios Drs palhaços) deve ser aplicada diariamente até que o paciente não saiba mais como ficar triste. É remédio para a vida toda.
A criança no hospital abre uma brecha para esse desafio profissional. Em meio a essa realidade, o atendimento à criança aparece como algo complexo, onde a comunicação e a resolução das necessidades se dá mais pelos afetos. Os limites da criança são vistos como menores e a dor causa mais impacto. Esse espaço na relação com a criança, visto como desconhecido, é uma oportunidade. É o espaço que re-conecta o profissional com sua impotência e necessidade de aprender.

O trabalho artístico profissional no ambiente hospitalar vem construindo ao longo desses anos uma parceria bem-sucedida entre artistas e profissionais de saúde. E aponta para alterações importantes com relação às crianças hospitalizadas: melhora no comportamento e na comunicação, maior colaboração com exames e tratamentos, diminuição da ansiedade com a internação, efeitos relatados por crianças, familiares e profissionais de saúde em pesquisa realizada por Morgana Masetti, posteriormente transformada no livro Soluções de Palhaço - transformações na realidade hospitalar. Esses resultados são decorrentes da utilização do humor, de um sistema eficiente de comunicação e de um conjunto específico de valores e crenças sobre a realidade hospitalar.



Romantismo de: Kall às 13h27

** **  *envie este romance*


 

 
 



Aqui vai o resumo de cada um dos besteirologos.no site tem a foto de cada um desse  elenco mais lindo que pude ver reunido num so lugar:

Wellington Nogueira(Quem trouxe essa maravilhosa idéia para o Brasil)
Dr. Zinho
Nasceu em Nova Iorque como Calvin Klown - consultor de moda para pessoas de bom gosto, mau gosto e sem gosto. Veio para no Brasil, achou tudo meio parado, mudou de nome e trouxe a Besteirologia para nossos hospitais. Ligado em ginástica, gosta de fechar os olhos para dormir, coçar o nariz e descruzar palavras cruzadas. Aprecia strogonoff de ganso siberiano do himalaia, sorvete de fígado e paquiderme no palito. Nas horas vagas não faz muita coisa, nas ocupadas também não. Adora bagunça e seu maior sonho foi quando dormiu três dias seguidos. Um cara muito agitado!


->Juliana Gontijo
Dra. Dona Juca Pinduca
Devido à sua formação em balé 'clássico', tirou seu 'Donoutorado' em medicina pura e aplicada. Mas também canta, representa, fotografa e, é claro, dança em todos os ritmos. Por isso mesmo só podia acabar na medicina.

->Heraldo Firmino
Dr. Severino
Besteirologista e especialista em bobagem. Rapadurologista formado em 'Rarvar', onde passou muita raiva pois a merenda era horrível. Veste a grife 'Vives Só Ralando', do famoso costureiro de Paris-cida do Norte, e seu prato predileto é pizza de rapadura com farinha e cobertura de maionese. Nasceu em Catolé do Rocha e torce para o Arapiraca. Na medicina, destacou-se ao desenvolver a extração de caspa de joelho e de verruga na unha.
 
->Sávio Moll
Dr. Clóvis Socó
Olha só esse que tem olhos arregalados, nariz comprido e traz na cabeça um pitó: é o paspalho do Clóvis Socó. Meio desengonçado, caminhando pelo hospital, ele é o tal! - Do bocó? - Não, do Socó! Vem tocando seu violão, trocando olhares, sorrisos e apertos de mão. Junto com a criança que dentro de todos há, o Socó só quer brincar e em fantasias mergulhar.
 
->César Gouvêa
Dr. Cizar Parker
Com 1,87m, responde por grande parte das altas hospitalares. Em suas viagens, vê uma grande timidez nas mulheres brasileiras. Impressionadas com sua elegância e beleza, não conseguem controlar as sensações que causa pelos corredores do hospital, chamando-o, por exemplo, de bonitão e olhos de mel; encabuladas, as nordestinas só conseguem chamá-lo carinhosamente de calango. Ele nunca viu um, mas acha que deve ser lindão.
 
->Paola Musatti
Dra. Manela
Como besteirologista, descobriu que a convivência faz o ser humano. Por exemplo: convivendo com muitos plantões, será uma plantinha, verde, verde. Regada, ficará amarela, amarelinha, Manela-Manelinha, hum... Coincidência, seu vestido é amarelo... Então, madura, estará pronta pra cair. Ah! É essa a explicação dos seus tombos. Embora faça de tudo para evitar, vive tropeçando. É... e isso ocorre com todos nós, caro leitor e cara leitoa
 
->Pedro Pires
Dr. Dog
Cá está o besteirologista que guia sua vida por três princípios. Por que três? - vocês podem perguntar. Por que não? - ele pode lhes responder... São eles: 1. Nunca mente quando diz a verdade; 2...; 3... Pra falar a verdade, ele só tem um, por enquanto, se vocês tiverem idéias podem mandá-las... quem conta um conto aumenta um ponto. E já vamos terminando pois se não há nada mais a dizer é melhor não dizer nada. Tchau!
 
->Angelo Brandini
Dr. Zorinho
Nasceu em berço esplêndido apontado por uma estrela, pelado e rodeado de cabras, galinhas, vacas, jacarés, pacus, tatus e até veados. Logo apegou-se a Maria Luiza, sua galinha de estimação. Depois de circos de fundo de quintal encontrou sua verdadeira vocação, a Besteirologia, e formou-se num fim-de-semana por correspondência. É jogador invertebrado e adora estacionar em vagas de diretores. Nasceu pra chefia, mas quebra galho como camelô.

->Thais Ferrara
Dra. Ferrara
História pregressa irrelevante. Ingressou na medicina ao substituir um padeiro demitido, com quem teve um caso caloroso. Vestindo aquele austero uniforme branco, teve um insight: - Só falta o canudo! Feminista, virou neura-cirurgiã. Depois de anos na Knfltdvkwy-Schlwskygvsky Medical Research Company University Institute, concluiu: o contato do bebê com a mãe é fun-da-men-tal! Já leu O pequeno Príncipe e A Psicologia do Anormal. É quase uma Ferrari.



Romantismo de: Kall às 13h27

** **  *envie este romance*


 

 
 


 


 
->Raul Figueiredo
Dr. Zapatta Lambada
Atuando no programa há quase quatro décadas (desde antes de eles existir), é o autor da célebre frase: 'Se todos fossem iguais a você, seríamos todos gêmeos'. Acredita na vida após a morte, em doentes saudáveis, duendes mentais, no Triângulo das Ber-mudas-roucas e afônicas, no Círculo de Krebs e na inocência do Romário. É 'porqueirense' fanático.

->Cláudia Zucheratto
Dra. Zuzu
SOS solteira, ops, solteiríssima. Serviço de utilidade privada. Doutora besteiróloga, bom partido e um pouco enferrujada, necessita com urgência de doação de namorado. As doações devem ser feitas pelo telefone 0 + xyz + três meia meia, meia limpa e perfumada, ou pelo e-mail doutorazuzu@solteirissima.com.quemquiser. Sedenta, ela agradece.
 
->Soraya Saide
Dra. Sirena
Médica, 'dotóra', solteira, bom partido e encalhada. Pesquisadora determinada, viajou a Florianópolis, cidade conhecida por desencalhar baleias, para testar o célebre diagnóstico: é namoro ou amizade? Mas não obteve o resultado desejado, o mar a devolveu. Ex-mágica, ex-dançarina, ex-dublê em tourada, ex-pinafre, utiliza toda sua bagagem de vida na besteirologia. Ativista incansável, acredita que bebê unida jamais será vencido.

->Fernando Escrich
Dr. Escrich
Escrich: sua mãe estava resfriada em seu batismo. Ainda pequeno se tornou mestre em pegar sapos e pererecas, não havia um que escapasse. Nunca pensou em ser besteirologista, mas sempre soube que faria algo muito sério. Outros tipos de médico vivem rindo dos besteirologistas... o que prova que eles (os besteirologistas) são bons mesmo. Como os pacientes sempre escondem criaturas estranhas nas camas e até nos cabelos das mães, não basta ser médico: tem que ser especialista!
 
->Vera Abbud
Dra. Emily
Nasceu no Equador (Quito). Já neste milênio leu o livro O Que é Medicina, da coleção Primeiros Passos, e fez um curso de manicure, o que lhe conferiu noções básicas para o exercício da Medicina e Instrumentação Cirúrgica, pelo menos ao nível da cutícula. É solteira, bem apessoada e seu prato predileto é a polenta.

->Danielle Barros
Dra. Leonoura Prudência
Sua mãe a queria médica, mas algo lhe dizia que ela ia ser palhaça. Estudou a sério todos os tipos de bobagem: miolo-mole, perereca solta, pulga atrás da orelha, chulé encravado, e aprendeu que para curar tudo isso só mesmo uma boa dose de alegria. Já dizia Shakespeare: uma boa palhaçada 'costuma prevenir contra mil males e prolonga a vida'. Além de besteirologista, é professora de caligrafia para médicos e ginástica sem esforço.

->Beatriz Sayad
Dra. Valentina Mosquito
Sempre foi polivalente. Já na barriga de sua mãe dava piruetas, cantava, recitava poemas... Antes de ingressar na carreira médica trabalhou como mulher-sanduíche, quebradora de nozes, abridora de garrafas e termômetro. Foi no circo, alimentando os leões, que descobriu seu amor pelo risco e decidiu cursar a faculdade de medicina. Em pouco tempo especializou-se e hoje é chefe das chefes da besteirologia.

->Flávia Reis
Dra. Nena
Não consegue levar muito a sério a definição de ambiente hospitalar. Tudo ali inspira diversão: aquelas engraçadas louras modelo antigo nas paredes pedindo silêncio, besteirologistas não assumidos entre o povo de branco e, nos quartos, amigos que muitas vezes entendem mais do assunto do que ela. Na verdade são eles os grandes (apesar do tamanho) mestres da palhaçada. Certamente ela está no lugar errado. E seus créditos de pós-pós-graduada?

->Ésio Magalhães
Dr. Zabobrim Macambira Birabora Borges Júnior de Alencar
Em cada plantão que faz, vê o quanto cresce a Besteirologia aplicada à vida moderna. Em cada leito, cada olhar, sente a necessidade de todos darem vazão a suas bobagens mais profundas. Cada vez aprende mais sobre como levar a vida sorrindo. E constata: Todos queremos brincar!
 
Aqui vai o site deles: http://www.doutoresdaalegria.org.br



Romantismo de: Kall às 13h25

** **  *envie este romance*


 

 
 


Gente não sei quem eu sou,onde estou e principalmente que mundo é esse  e que pessoas me cercam..qdo a decepção bate é fogo..mas como o tempo é o sr da razão e é dele que espero as respostas para os meus pqs e  para as minhas questões pessoais.
Mas deixa isso pra la..rs
Bem ainda voltando ao papo que tive com a Sibele me lembrei do texto da Martha Medeiros que a Si me mandou e é ele que deixo hoje.Beijos.
                        
                                              Festa no outro apartamento-Martha Medeiros

 

Anos atrás a cantora Marina compôs com o irmão dela, o poeta Antônio Cícero, uma música que dizia: "eu espero/acontecimentos/só que quando anoitece/é festa no outro apartamento". Passei minha adolescência inteira com esta sensação: a de que algo muito animado estava acontecendo em algum lugar, porém eu não havia sido convidada.

Até aí, nada de novo. Não há um único ser humano que já não tenha se sentido deslocado e impedido de ser feliz como os outros são - ou aparentam ser. O problema está em como a gente reage a isso. A grande maioria que espera "acontecimentos" fica ligada demais na festa do vizinho, se perguntando: como fazer para ser percebido? A resposta deveria ser: percebendo-se a si mesmo. Mas é o contrário que acontece: a gente passa a se vestir como todo mundo, falar como todo mundo, pensar como todo mundo. Só então consegue passe livre: ok, agora você é um dos nossos, a casa é sua.

As festas em outros apartamentos são fruto da nossa imaginação tão infectada por falsos holofotes, falsos sorrisos e falsas notícias de jornal. As pessoas alardeiam muito suas vitórias, mas falam pouco das suas angústias, revelam pouco suas aflições, não dão bandeira das suas fraquezas, então fica parecendo que todos estão comemorando grandes paixões e fortunas, quando na verdade a festa lá fora não está tão animada assim.

É preciso amadurecer para descobrir que a grama do vizinho não é mais verde coisíssima nenhuma. Estamos todos no mesmo barco, com motivos pra dançar pela sala e também motivos pra se refugiar no escuro, alternadamente. Só que os motivos pra se refugiar no escuro não costumam ser revelados. Pra consumo externo, todos são belos, lúcidos, íntegros, perfeitos. "Nunca conheci quem tivesse levado porrada/todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo". Fernando Pessoa sacando que nada é o que parece ser.

Sua solidão, sua busca por paz interior, seus poucos e leais amigos, seus livros, suas músicas, fantasias, desilusões e recomeços, tudo isso vale ser incluído na sua biografia, e pode ser mais divertido que uma balada em algum lugar distante. Pegar carona na alegria dos outros é preguiça, e quase sempre é furada. Quer festa? Promova-a dentro do seu apartamento.

 

Anos atrás a cantora Marina compôs com o irmão dela, o poeta Antônio Cícero, uma música que dizia: "eu espero/acontecimentos/só que quando anoitece/é festa no outro apartamento". Passei minha adolescência inteira com esta sensação: a de que algo muito animado estava acontecendo em algum lugar, porém eu não havia sido convidada.

Até aí, nada de novo. Não há um único ser humano que já não tenha se sentido deslocado e impedido de ser feliz como os outros são - ou aparentam ser. O problema está em como a gente reage a isso. A grande maioria que espera "acontecimentos" fica ligada demais na festa do vizinho, se perguntando: como fazer para ser percebido? A resposta deveria ser: percebendo-se a si mesmo. Mas é o contrário que acontece: a gente passa a se vestir como todo mundo, falar como todo mundo, pensar como todo mundo. Só então consegue passe livre: ok, agora você é um dos nossos, a casa é sua.

As festas em outros apartamentos são fruto da nossa imaginação tão infectada por falsos holofotes, falsos sorrisos e falsas notícias de jornal. As pessoas alardeiam muito suas vitórias, mas falam pouco das suas angústias, revelam pouco suas aflições, não dão bandeira das suas fraquezas, então fica parecendo que todos estão comemorando grandes paixões e fortunas, quando na verdade a festa lá fora não está tão animada assim.

É preciso amadurecer para descobrir que a grama do vizinho não é mais verde coisíssima nenhuma. Estamos todos no mesmo barco, com motivos pra dançar pela sala e também motivos pra se refugiar no escuro, alternadamente. Só que os motivos pra se refugiar no escuro não costumam ser revelados. Pra consumo externo, todos são belos, lúcidos, íntegros, perfeitos. "Nunca conheci quem tivesse levado porrada/todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo". Fernando Pessoa sacando que nada é o que parece ser.

Sua solidão, sua busca por paz interior, seus poucos e leais amigos, seus livros, suas músicas, fantasias, desilusões e recomeços, tudo isso vale ser incluído na sua biografia, e pode ser mais divertido que uma balada em algum lugar distante. Pegar carona na alegria dos outros é preguiça, e quase sempre é furada. Quer festa? Promova-a dentro do seu apartamento.

 

 



Romantismo de: Kall às 16h36

** **  *envie este romance*


 


  Direitos Reservados © - Labellaluna® Web